quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Capitulo Dez

Chegando em casa Vanessa encontrou uma Ashley e uma Selena apreensivas, o rosto da morena estava inchado de tanto chorar o primeiro movimento da morena foi abraçar as duas amigas.
- V, calma o que acontece?
Perguntou Selena
- Vou pegar uma água pra você
Tentou a loira mais Vanessa não a deixou sair do abraço
- Obrigada por virem – Limpou as lágrimas
- Mais o que houve
- O Nathan ...
- O que tem o Nathan
- Ele em convidou pra sair, fomos ao cinema até ai tudo normal, dois amigos, fomos a praça de alimentação e depois – Uma lágrima correu- Ele me amarrou no banco de tras me levou pra casa dele e me estuprou
Começou a compulsivamente no sofá, não sabia o fazia, Ashley e Selena estavam perplexas
- Eu mato esse cara – Disse Selena
- Espera que eu te ajudo
- Ash, quando o Zac vai ligar? Preciso falar com ele
- Ele vai ligar pra, deve ser hoje ainda
- Desculpa não ter te ouvido Ashley
- Tudo bem, ninguém sabia que ele iria fazer isso com você
- Preciso contar para o Zac
- Vanessa você enlouqueceu? – Disse Selena – Ele vai querer vir de Gaza e matar o Nathan
- Não me importa
- Sel, ela tem que contar pro irmão, por mais dolorido que seja
- E pra minha mãe também
- Vamos a delegacia fazer uma Ocorrência
- Ashley, deixa eu conversar com minha mãe primeiro
O telefone tocou, e pela hora, era Zac
- É agora ou nunca
***Ligação
-Alô
- Meu amor, que saudades – Disse o loiro
- Também estou com saudades
- Está tudo bem? Que vozinha é essa?
- Eu tenho uma coisa pra te contar, é séria e preciso que você não surte
(-Pedindo o Impossível – Disse Ashley para Selena
- Com certeza – Respondeu a amiga)
- Vanessa você está me deixando preocupado
- Hoje na aula, a professora dividiu a turma eu duplas, ela escolheu, e eu fiquei de dupla com um rapaz, com o Nathan, ele se mostrou solidário, me convidou para ir ao cinema eu aceitei, já que precisava me distrair um pouco – uma lágrima solitária correu – só que o aconteceu depois do cinema é o pior, ele amarrou minhas mãos e me colocou no banco de tras do carro dele, os pais dele estão viajando então ele me levou pra casa dele, arrancou minha roupas e me estuprou, eu era virgem Zac
- E você pede pra eu não surtar Vanessa? Esse cara te estuprou, fez você fazer sexo a força e você quer que eu fique calma? Eu vou matar esse cara
- Amor, calma por favor eu estou bem, assim que minha mãe chegar vou conversar com ela pedir para ela me levar a um médico e a uma delegacia
- Eu vou pedir para voltar aos EUA
- Não é para tanto amor
- Eu quero ficar com você
(Zac seu tempo acabou)
- Vou ter que desligar mais não vai fiar por isso, vou dar um jeito de voltar nem que para isso eu tenha que levar um tiro de proposito
- Por favor, não faça nada precipitado
- Não farei, eu amo você e se cuida vá a um bom médico
- Eu irei, e também amo você
*** Ligação
- E aí? – Disse Selena
- Ele quer voltar
- Sabia – Disse Ashley – Ele não vai deixar barato
A porta se abriu, a Gina entrou sorridente, mal sabendo o que a esperava
- Boa tarde meninas
- Boa tarde tia Gina – Responderam Ashley e Selena juntas
- Mãe será que podemos conversar
- Claro
- Vamos para o meu quarto as meninas já sabem, vão esperar aqui
Subiram para o quarto de Vanessa, lá a morena contou tudo a mãe que caiu aos prantos, como alguém poderia fazer aquilo com a sua garotinha? Decidiram ir a uma delegacia fazer ocorrência e ir a um médico ver se estava tudo bem com a morena

Com Zac...
Ele andava de um lado para o outro no alojamento
- Cara o chão já é de terra se você continuar vai cavar um buraco – Disse Matt
- De preferência uma cova
- Deus meu, o que aconteceu?
- A Vanessa ela foi estuprada, vou ver se dou um jeito de voltar aos EUA
- Zac eu tenho algo para te contar
Conte
- Vamos voltar amanhã
- Sério?
- Sim ele iriam contar a noite, mais como seu motivo pede estou contando ouvi uma conversa sem querer, mais como a Vanessa está?
- Abalada, disse para ela ir a um médico e fazer uma ocorrência
- Então acho bom começarmos arrumar nossas coisas, porque agora teremos um bom período de férias já que outro grupo está vindo
- É verdade
Com Vanessa
Ela e Gina haviam isso a uma delegacia, Ashley e Selena dormiriam na casa da morena para dar a apoio, Vanessa precisava mostrar um exame médico para comprovar que fora estuprada
- Sem via de duvidas houve penetração forçada, a garota foi mesmo estuprada – Vanessa chorou e Gina fez carinho no cabelo da filha
- Bom esse papel vocês levaram a delegacia, esse é uma receita de anticoncepcional para você tomar, apesar de haver vestígios de lubrificante de camisinha é bom começar a tomar, mais fora isso está tudo certo, é bom ir a uma psicóloga ótima que trabalha só com esses casos

Vanessa pegou da mão do médico o cartão da psicóloga enquanto Gian segurava a receita e o exame comprovando. Do consultório foram pra delegacia onde anexaram o exame que comprovava o estupro, já era noite, chegaram em casa Vanessa tomou um banho demorado, as meninas estavam na mesa para jantar Vanessa sentou, olhou o cartão na mão mais uma vez escrito “Paget Brewster(Quem já viu a série Criminal Minds ela é a atriz que interpretou Emile Prentts, se nunca assistiram vejam é ótima) Psicóloga especializada em traumas”
----------------------------------------------------------------------------------------
N.A. Gente a chuva aqui nao para, eu to vendo um carro pra comprar, mais acho que vou comprar uma canoa ushauisahuisa, atrasadérrimo mais postei ta difícil com toda essa chuva, trovoada, e ontem teve granizo.
Vou tentar não demorar o próximo. 
Beijos

sábado, 19 de setembro de 2015

Capitulo Nove

N/A Fortes emoções

Vanessa estava na aula com Ashley e Selena, a aula estava tranquila
- Gente - Falou o Sr. Tuner – Vou dividir a turma em duplas para um trabalho sobre genética
A professora começou a ditar as duplas
- Nathan a Vanessa
Nathan e Vanessa se olharam, o rapaz pegou a cadeira e levou para perto da morena
- Oi Vanessa
- Oi Nathan
Sorriu
- Tudo bem?
- Tudo sim e com você?
- Sim, fiquei sabendo que seu namorado está em Gaza
- É ele está
Engataram uma bela conversa como se fossem velhos amigos, Ashley observava de longe, e não gostou do jeito que Nathan olhava para Vanessa, o sinal para o intervalo tocou
- Vanessa
Disse Ashley acompanhada de Selena
- Oi Ash, oi Sel, esse é o Nathan
- Eu sei quem ele é – Disse fria
- Nossa Ashley, precisa falar assim?
- Vanessa vem quero falar com vocês a sós
- Só um minuto Nathan – A morena deu um sorriso largo e acompanhou a amiga
- O que foi aquilo Vanessa?
- Uma conversa entre amigos
- Não, não foi uma conversa entre amigos, ele te come com os olhos
- Ashley para de ver coisas onde não tem
- Eu to vendo coisas onde não tem? Vanessa eu a Selena fizemos de tudo pra te animar quando meu irmão teve que viajar, e agora esse carinha é posto pra fazer um trabalho qualquer contigo, e tu fica toda animadinha
- Ashley...
- Sabe, cada vez que meu irmão liga pela linha segura ele pergunta de você, ele não queria ir, não teve, é o trabalho dele, se você não aguenta, deixe ele seguir em frente livre
- Ashley eu amo seu irmão
- Não é o que está parecendo
- Ashley para, ele só um amigo, até me convidou para sair
- Me diz que você não aceitou
- Aceitei, que mal tem?
- A hora que o Zac ligar pela linha segura eu aviso que você saiu com seu amiguinho
Ashley virou as cotas
 - Ashley, Ashley
Gritava Vanessa mais a loira não deu bola, até que ela virou e olhou para a morena
- Faz o seguinte, só fala comigo quando você resolver com quem quer ficar, porque meu irmão não merece isso
E saiu, os olhos da morena se encheram d’água pronta para um choro, quando o sinal para entrar para sala tocou
- Hey, V tudo bem?
- Tudo sim Nat, eu preciso ir pra aula
Vanessa agarrou os livros contra o peito e entrou no banheiro, ao fechar a porta desabou a chorar, não sabia o que fazer, Zac estava longe, estava com saudades, Nathan estava sendo fofo com ela e carinhoso, mais ela amava Zac, estava confusa, não sabia o que fazer, aproveitou que havia ido de carro para a aula, e foi para casa
- Oi filha, chegou mais cedo
- É preciso descansar, vou sair com um amigo mais tarde
- Ok – Sorriu
Vanessa subiu, jogou a mochila de um lado do quarto e deitou no chão mesmo, olhando pro teto, pensando.
Com Zac...
01 de junho de 2014
As coisas estão começando a ficar mais calmas por aqui, estamos conseguindo ligar para a família mais vezes a semana, estou com saudade de Vanessa e de minha família, tudo é tão vago sem eles por perto.
- Zac?
- Oi Matt
- Almoço
- Já estou indo
Zac fechou o pequeno caderno colocando a caneta no espiral, colocou embaixo do colchonete e se dirigiu a onde os outros estavam. Almoçaram conversando, e preparando estratégias para o próximo ataque
Com Vanessa...
Por conta do fuso horário, agora com Vanessa eram 15:00, Nathan tinha ido busca-la para irem ao cinema, escolheram o filme Prova de Fogo, durante o filme, Nathan não parava de olhar para Vanessa, que não se sentia incomodada com os olhares já que a mesma nem notou depois do filme foram para a praça de alimentação
- Então o que achou?
- Ah, o filme é ótimo
- Podemos vir mais vezes
Disse tomando um pouco de seu milk-shake
- Claro, porque não
Sorriu, sorrateiramente Nathan foi se aproximando da morena, Vanessa notou mais acho que era só impressão dela, logo o garoto roubou um beijo dela, Vanessa se assustou, o empurrando
- Você é louco Nathan?
- Louco por você
- Bem que a Ashley me avisou, não acredito
- Que isso Vanessa, Zac está na Faixa de Gaza, nem ficará sabendo
A segurou pelo braço
- Me solta
- Não queridinha, você vem comigo
Nathan jogou Vanessa no banco de trás do carro e deu partida, mas não sem antes amarrar as mãos na morena
- Para onde está me levando?
- Para minha casa
Os pais de Nathan haviam viajado, ao estacionar, ele pegou Vanessa e a jogou na cama, tirou as roupas da morena e logo depois as dele Vanessa estava com medo, era virgem e estava a ponto de ser estuprada, Nathan colocou o preservativo e penetrou em Vanessa, sem delicadeza alguma, a morena gritava e chorava de dor.
- Vista-se vou te deixar em casa vadia

Vanessa se vestiu, chorando, como iria contar para sua mãe? E para Zac? Pegou as chaves do carro mandou uma mensagem para Selena e para Ashley iria se abrir com as amigas, era o que precisava agora.

N/A: Aí está o capitulo, não me mate pelo Nathan, ele vai ter o que merece ao decorrer da fic, e logo logo o Zac volta para a alegria da V e da nossa.
Comentem, beeeeeeeijos e não devo demorar a postar.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Capitulo Oito

POV Zac
O avião acabou de aterrissar em uma pista de segurança própria para nós, era domingo a noite, a tarde passei amanhã com minha família e com a Vanessa, aproveitamos e contamos a todos que estamos juntos, estava com imensas saudades da minha morena, não sei quanto tempo vou ficar aqui, pode ser dias, semanas ou meses, Matt está mesma que eu passou a viagem toda olhando a foto da namorada, eu fazia o mesmo, não poderia falar com Vanessa durante a operação, só quando o general deixasse, e isso poderia levar dia e dias, eu iria enlouquecer
- Soldados, chegamos, vamos ser direcionados ao abrigo
Disse o general Granger, ele estava nos comandando aqui na Faixa de Gaza, fomos levados a uma pequena “casa” onde havia dois cômodos um banheiro e uma salão ou sala para que nós pudéssemos descansar e nos recuperar de ferimentos, segundo o general os soldados feridos iriam voltar para a base em Nova Iorque.
- Hei, você ta bem – Perguntei ao Matt
- Saudades da Blake
Disse ele com os olhos caídos, sem aquela animação diária que me tirava do sério as vezes
- Calma, daqui a pouco estaremos com elas novamente.
- Eu sei
- Tem irmão Matt?
- Não, sou filho único, se eu morrer aqui Zac meus pais enlouquecem
- Calma, não vai acontecer nada com a gente, sabe eu tenho uma irmã, adotiva, meus pais a dotaram quando ainda era pequena, tem a idade da V, o nome dela é Ashley, ela é muito apegada a mim, eu fiquei desolado em deixar ela e Vanessa para trás, elas choravam tanto – Abaixei a minha cabeça – Me deu uma pequena vontade de largar tudo e ficar com elas
- Eu sei, quando fui me despedir da Blake, também tive a mesma vontade
- Sabe a Vanessa se forma em alguns meses, e talvez eu nem esteja lá
Eu queria tanto ver a minha morena realizando esse sonho, ela fala dele desde que éramos pequenos, colegial, faculdade. Ela faria vestibular essa semana, havia escolhido Relações Internacionais, estava orgulhoso da minha pequena, mais meu coração estava na mão, para ser sincero não sei como estou vivo deixei meu coração nos Estados Unidos, numa cidade chamada Nova Iorque com uma morena de 16 anos.
16 de maio de 2014
Soldado Efron, exército dos EUA.
Chegamos hoje a Faixa de Gaza onde está tendo o confronto entre Palestina e Israel, amanhã começaremos cedo com a operações, tentaremos pegar o máximo possível de americanos aqui presos, aqui é horrível, barulhos de tiros e bombas são ouvidos a todo momento, pessoas adultas e crianças são mortas a sangue frio espero cumprir minha missão e voltar para minha família e para minha amada em segurança.
- Soldado Efron ?
O general me chamou, fechei o pequeno caderno que eu faria de diário durante o tempo em que estivesse aqui
- Sim General
- Você terá direito e duas ligações, par avisar que chegou a sua família, parente e amigos
- Sim senhor
- Me acompanhe
Finalmente darei noticia a minha pequena e minha irmã elas devem estar aflitas, papai e mamãe também.
- Aqui está, seja breve nas duas ligações
- Sim senhor
Disquei o número de celular da Ashley
** Ligação
- Alô?
- Oi Ash
- ZAC
- Maninha, não precisa gritar
- Como você está?
- Estou bem, cheguei agora pouco, só não posso falar muito ainda tenho que ligar para Vanessa, tenho só duas ligações
- Está tudo bem mesmo?
- Está sim, avisa ao papai e mamãe que eu liguei e que mandei um beijo
- Pode deixar
- Se cuida Ash, por favor
- Você também – Ela começou a chorar, meu coração ficou em pedaços, e sei que com Vanessa vai ser o mesmo – Eu amo você irmão
- Eu também amo você maninha
Ligação**
Desliguei, e logo em seguida disquei o número da Vanessa
**Ligação
- Alô
Disse minha pequena com a voz triste
- Oi amor
- Zac, amor, como você está?
- Estou bem
- Amor, como foi a viagem? Como está tudo ai?
- A viagem correu bem, aqui ta um caos, só ouço tiros e bombas
- Se cuida meu amor por favor
- Pode deixar que eu vou me cuidar, vou voltar inteiro para você, eu prometi antes de sair lembra?
- Lembro
- Amor, pequena vou ter que desligar tem mais gente querendo usar esse telefone, não sei quando vou ligar de novo
- Ta
Senti na voz dela o choro, meu coração se partiu de novo, puta merda isso doía, e como doía
- Eu amo você minha pequena borboleta
- Eu também amo você meu anjo.

Ligação**
-----------------------------------------------------------------------------------
Coooooooooomentem bastante, beijos e mais beijos 

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Capitulo Sete

O treinamento de Zac estava intensivo, caso eles precisassem irem ao Iraque, Palestina ou Faixa de Gaza, seu maior medo era de ser enviado e perder Vanessa, ele não queria levar o tiro, e não queria deixar a namorada preocupada com ele, ele não queria ir para o outro lado do mundo.
- Finalmente acabou – Disse Ashley ao sair pelos portões do Cornewell depois de mais um dia de aula
- Calma Ashley, amanhã tem mais – Disse Vanessa
- Eu sei, ainda mais agora que o vestibular ta chegando
- Poisé. Mais, cadê a Selena?
- Deve tá em algum canto por aí, ou já foi sem esperar nós
- Típico dela
- Mais e aí já decidiu para que vai prestar vestibular
- Não, to em dúvida em duas, e você?
- Administração, mais em quais você tá em duvida V?
- Relações Internacionais e Jornalismo
- Duas ótimas escolhas
- Eu sei – Pararam em frente a casa de Ashley
- Bom eu vou indo
- Vane?
- Oi?
- Ve se tira logo a carteira de motorista porque francamente você é a única pessoa que eu conheço que tem um carro mais não tem carteira de motorista.
- Pode deixar – Sorriu
- Tchau
- Tchau
Vanessa foi andando calmamente, fazia dois dias que não falava com Zac, e esse final de semana ele não viria para casa, o toque do celular a tirou dos pensamento
Ligação **
- Oi – Disse animada ao ver que era Zac
- Oi amor – Disse desanimado
- Aconteceu alguma coisa?
- Aconteceu, eu ia avisar meus pais antes, mais decidi te contar primeiro
- Zac, o que houve eu to preocupada
- Eu fui selecionado
- Selecionado para que?
- Vou pra Faixa de Gaza
- Você tá brincando não é?
- Não meu amor, to falando muito sério, eles treinaram muito bem a gente essa semana pra mandar
- Eu não acredito
- Eles publicaram no site hoje, os soldados que vão, Matt ta aqui do meu lado, avisando a namorada dele, ele vai comigo
- Promete voltar?
- Prometo
- Sabe quando tempo vão ficar lá
- Não, uns dois meses eu acho
- Toma cuidado por favor
- Pode deixar, agora vou ligar pros meus pais e a Ashley, e pro Chris também
- Mais antes, vocês vã quando
- Semana que vem
- Vai vim aqui antes
- Parece que liberar a gente pra ir se despedir da família
- Tudo bem, vou deixar você ligar pra ele
- Eu amo você
- Eu também amo você
Ligação**
Vanessa parou na porta de casa e deixou as lagrimas rolarem, não queria perder Zac, entrou em casa, viu que não havia ninguém, correu para o quarto, ligou o computador, e foi no site do exército e viu os soldados recrutados, o nome de Zac estava lá, infelizmente não era uma pegadinha de mau gosto do namorado, deitou na cama abraçou o travesseiro e começou a chorar até que ouviu uma batida da porta, limpou o rosto, e lavou para esconder o choro, desceu as escadas com calma ao abrir a porta deu de cara com uma Ashley aos prantos abraçou a amiga
- Eu sei, eu já sei
- Já
- Ele me ligou
- Antes de nós?
- Eu.. Eu ia contar quando ele estivesse aqui mais a gente ta namorando – Sorriu fraco- Ele me pediu em namoro no domingo, antes de ir
- Fico feliz por vocês, cunhada
- Obrigada, mais eu to com medo
- Eu também

As duas choravam copiosamente, igual a duas acrianças, Vanessa por medo de perder o namorado, e Ashley com medo de perder o irmão
---------------------------------------------------------------------------------------------
Gente, aí ta o capitulo, eu sei que ta triste, os próximos vão se passar mais com o Zac do que com a Vanessa, vamos saber como ele vai se sair nessa experiencia de guerra.
Beeeeeijões

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Capitulo Seis

- E aí Zac
- Oi Matt
- Como foi o fim de semana com a família? E a agarota?
- Ah, foi ótimo
- Ótimo? Só isso não rolou nem um beijinho
Fez biquinho


- Ah, não
- Que pena
- E o seu como foi?
- Maravilhoso, Blake ta a cada dia mais linda e maravilhosa
Sorriu bobo, logo o toque de recolher soou, anunciando que era hora de dormir
- Ué, que cedo que tocou hoje não acha?
- Pois é que estranho
- Matt, ouvisse algo mais sobre a guerra?
- Ah, a matança no Iraque?
- Isso
- Não, a última coisa que ouvi foi na sexta mesmo, ouvi que os sargentos, cabos e capitães mais treinados vão em busca dos reféns
- E nós?
- Nós vamos ficar aqui ué, o que uns soldadinhos como nós que estamos ainda em treinamento podemos fazer lá?
- Até porque, eu não me sentiria bem em ir
- Tem a ver com a Vanessa?
- Como sabe o nome dela?
- Você fala dormindo e dizia outro dia “Não, eu amo a Vanessa”
Zac ficou vermelho enquanto Matt ria do amigo
- OK Matt, você venceu estamos juntos
- Juntos, juntos?
- É Matt, estamos namorando
- A moleque, é aí que eu digo
- Mais tem algo me preocupando
- O que ?
- Minha profissão – Ficou sério – Eu posso levar um tiro, morrer a qualquer momento, principalmente se nos reinarem e nos mandarem para o Iraque
- Agora que você falou é verdade, não tinha minha tocado nisso, nem a Blake
- Mais devia ter pensado
- Bom amanhã nos avisos matinais saberemos o que está acontecendo, se o toque soou mais cedo é porque algo tem
- Com certeza, então bora dormir
- Bora
- Boa noite Matt
- Boa noite Zac
Matt logo pegou no sono mais quem disse que Zac dormia? Andava de um lado para outro o relógio marcava 23:00 será que Vanessa ainda estaria acordada? Será que deveria ligar para ela? Não custava arriscar
**Ligação
- Alô ?
- Oi amor
- Zac? Aconteceu alguma coisa?
- Não, só não estou conseguindo dormir
- Posso perguntar algo?
- Claro o que quiser
- Essa zona no Iraque, você vai?
- Eu, eu, não sei, eles vão mandar os mais experientes não sei se vão precisar de soldados que mal entraram no exército – forçou a risada
- Então talvez fique
- Sim amor
- Espero que não vá
- Eu também, bom acho melhor você dormir amanha você tem aula
- Ta, eu amo você se cuida
- Pode deixar também se cuida, amo você também
** Ligação
Vanessa colocou o celular no criado mudo ao lado da cama ficou preocupada, com medo de Zac ter que ir para o Iraque, balançou a cabeça espantando esses pensamentos e voltando a estudar


O toque soou as 5:00 da manhã, Zac levantou num pulo escovando os dentes e colocando a farda pronto se dirigiu ao refeitório com Matt ao seu encalço que não parava de falar, lá foram comunicados que o general faria um pronunciamento, assim que o café da manhã acabou todos estavam reunidos do grande pátio para ouvir o general.
- Bom dia a todos, estou aqui para comunicar que os soldados mais experientes estão indo para o Iraque, atrás dos reféns Americanos, com isso concluo que os que ficarem vão treinar caso os que viajaram precisem que mais forças lá. Se preparem a qualquer momento podem ser recrutados para o Iraque. Podem voltar aos seus treinamentos

Todos bateram continência, e na cabeça de Zac só uma pessoa pairava: Vanessa.
-------------------------------------------------------
COMENTEM, VEM MUITAS EMOÇÕES POR AÍ AINDA...
Beijoooooooos :**

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Capitulo Cinco

O fim de semana passou rápido, era domingo à noite, estavam todos na casa de Zac já que ele partiria de carro, uma batida na porta distraiu Zac e tentar dobrar a farda
- Entra
- Atrapalho? – Perguntou Vanessa
- Não, eu estava só tentando dobrar minha farda
- Ah, eu posso dobrar pra você? Já vi minha mãe dobrar a do papai
- Obrigada
Vanessa começou a dobrar a farda com toda paciência até estar tudo pronta
- Pronto
- Obrigada de novo
- Então, pronto pra virara oficialmente soldado? – Sorriu
- Ah, assusta um pouco mais eu to feliz, depois quem vai continuar comigo vai ser seu pai, então to tranquilo
- Que bom – Sorriu
- Senta
- Ta
- A gente ta parecendo dois estranhos
Disse Zac rindo
- Pois é, a gente se conhece a tanto tempo, e agora parecemos estranhos um com o outro
- Acho que foi o tempo, crescemos
- Você, cresceu bastante – Riu
- Você também cresceu, se tornou uma mulher linda – Ela corou, e ele acariciou de leve o rosto dela – Não precisa ficar com vergonha
- Obrigada pelo o elogio
Sorriu, disfarçando o quanto havia gostado de ouvir aquilo da boca de Zac, seu coração estava acelerado, seu estomago parecia repleto de borboletas, seu corpo estava quente como se tivesse levado um choque elétrico, e Zac não se encontrava diferente, a amava e não podia negar, sempre a amou desde que ela começou a se tornar uma linda mulher, os olhos dos dois se encontraram, Vanessa ficou estática não sabia o que fazer nem o que falar, Zac queria beija-la mais não sabia se era o certo a fazer, amava demais aquela garota para magoa-la de tal forma, mais como irmãs as bocas se colaram num beijo intenso, apaixonado, cheio de amor, línguas dançavam em perfeita sincronia, Zac levantou levando Vanessa junto, acariciava levemente e fina cintura da morena, enquanto ela bagunçava os cabelos dele, o momento era perfeito, talvez seria a hora de uma declaração pensou Zac, o ar começou a faltar separaram o beijo a contra gosto, ficaram com as testas coladas, ambos estavam com um sorriso estampado no rosto, Vanessa estava vermelha a timidez Zac prontamente a puxou para o seu peito onde a morena escondeu o rosto
- O que foi isso? – Disse ela
- Eu não sei – Respondeu
- Como ficamos? – Olhou para ele
- Estou pensando nisso
- E a garota que você gosta – Disse com um aperto no peito
- Ok chegou a hora, essa garota é você Vanessa – Ela arregalou os olhos – Sim, é você, sempre fui apaixonado por você acho que desde que você tinha 14 anos – riu – sempre sentia ciúmes, e raiva quando te via com outros caras, mais sempre tive medo de dizer o que eu to dizendo agora por causa da nossa diferença de idade, achei que você provavelmente não fosse querer um cara de 20 anos, mais acho que posso dizer que te amo.
- Zac eu.. Eu sempre amei você, mais você poderia ter a mulher que quisesse provavelmente não iria querer nada com uma garota do colegial como eu, olha pra você serve o exército enquanto eu não sei nem o que faço da minha vida ainda, a única certeza que eu tenho nesse momento é que eu te amo, te amo mais que tudo.
-  Você não sabe como é bom ouvir isso
A pegou no colo dando outro beijo, intenso, apaixonado mostrando todo o amor que sentiam um pelo outro
- Eu amo você
- Bom acho que... Vanessa Anne Hudgens, aceita namorar comigo?
- É claro que eu aceito, mas vamos deixar em segredo por enquanto, pelo menos até sua próxima volta
- Combinado
- Vou descer esperar com os outros, e inventar uma desculpa para minha demora
- Tudo bem, vou colocar minha farda, e encontro vocês lá embaixo
Sorriu a beijando, assim Vanessa deixou o quarto sorrindo ao chegar lá em baixo Ashley começou a perguntar
- Demorou, aconteceu alguma coisa? Está tudo bem?
- Está tudo bem sim, e não aconteceu nada, só o seu irmão que estava enrolado tentando dobrar as partes da farda e não estava conseguindo, ai estava ajudando, e começamos a conversar enquanto ele guardava o resto das coisas.
- To pronto – Disse Zac ao chegar no pé da escada
- Nem acredito que já esta indo
- Ashley calma, daqui a pouco eu to de volta, para de drama
Abraçou a irmã
- Boa sorte na base Zac – Disse Chris
- Obrigada e coisa dessas duas
- Pode deixar
Foi se despedir de Vanessa
- Até logo meu amor assim que chegar lá eu te ligo – Sussurrou no ouvido dela
- Ok
- Amo você
- Também amo você – se afastou – Se cuida
- Pode deixar Zac
Ele foi em direção a porta deixando a namorada, o cunhado e a irmã para trás. Seus pais não estavam em casa  e Selena não pode ir
- Até mais, amo todos vocês
- Até logo – Disse Ash
- Até Zac
- Até mais – Disse Vanessa, com os olhos tristes
- Logo volto a perturbar vocês, tchau

Fechou a porta, escutaram o carro ligar, e som do motor logo sumir.
--------------------------------------------------------------------------------
Aqui esta,bom espero que gostem. Mudei o visu, a capa, espero que gostem e não deixem de comentar

terça-feira, 23 de junho de 2015

Capitulo Quatro

No outro dia quando acordou, Vanessa viu que todos ainda dormiam tranquilamente e que a mesma estava abraça da Zac, devagar se soltou do amado e foi para cozinha onde começou a preparar o café da manhã, logo o cheiro de café fresco despertou Zac.
- Bom dia – Disse chegando até ela na cozinha
- Oi, bom dia – Sorriu sem graça
- Então, como tá o último ano de escola?
- Ah.. Puxado, e você? Como está na base?
- Tranquilo os treinamento tão me ajudando bastante a ganhar força e massa muscular vou ficar saradão, não que eu já não seja – Sorriu orgulhoso
Vanessa não aguentou e caiu na gargalhada
- Até parece
- Vamos ver então
Se aproximou dela e deu um beijo no rosto
- O café está pronto
- Vamos acordar os outros?
- Não, depois eles comem
- Então, to mais tranquilo de saber que seu pai vai me treinar
- Sério? – Disse surpresa
- Sim, pensei fosse um estranho qualquer, mais sabendo que vai ser o Capitão Hudgens, fico mais tranquilo
- Bom, ele mandou você tomar cuidado com ele – Riu
- Sem problemas
- Então, já arrumou alguma namorada na base? – Perguntou curiosa
- Não, pra falar bem a verdade gosto de uma pessoa que eu deixei aqui, mais me acho velho pra ela, ela tem um futuro brilhante, acho que além de eu ser velho – Sorriu – Ela não iria querer nada comigo
- Não pensa assim, você não sabe os sentimentos dela
- Mais dá para imaginar, sabe meu companheiro de quarto o Matt, namora com uma garota 6 anos mais nova que ele
- E você e essa garota que você com a sua amada? – Disse sem saber que era ela própria
- 5 anos
- Eu não acho uma diferença grande – Disse enquanto mordia um pedaço de pão – É uma diferença boa, se fosse eu, aceitaria numa boa
- Sério?
- Sim
- E se ele tivesse que fiar longe? Por causa de trabalho? – Perguntou curioso
- Ah isso é normal, vejo meus pais sempre tendo um “casamento a distância” então do meu lado isso não seria problema
- Bom dia – Disse Ashley
- Bom dia Ash, vem tomar café
- Opa, já to chagando, deixa eu acordar o resto aqui

Ashley acordou o resto do pessoal já que não conseguia deixar ninguém quieto, e Zac ficou pensando nas palavras de Vanessa. 
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Desculpem a demora, é que faço tudo no computador ai o meu estragou (depois de 11 anos usando ele) tive que comprar outro, estou reescrevendo tudo de novo. Maas, comentem muito, agora eu acho que a situação nos dois blogs vão se normalizar

domingo, 24 de maio de 2015

Capitulo Três

As meninas fizeram a montagem da maquete durante toda a tarde e Zac observava enquanto via TV
- Vou indo
- Agora? Ta tarde pra ir andando – Disse Ash
- Eu vim de carro de levo Vane
- Zac..
- Oi
- Porque você não leva a Vanessa em casa? – Disse Ashley que olhou para Selena com m sorriso que ia aprontar
- Ta, só vou la em cima pegar a carteira,
- Não precisa se incomodar a Selena me leva
- Não, eu levo, não to fazendo nada mesmo.
Zac subiu as escadas pegou a carteira e respirou fundo, passou na cozinha pegando as chaves do carro
- Vamos?
- Vamos
- Tchau Ash, tchau Sel até amanhã a noite
Zac e Vanessa saíram no caminho o silencio com torturante tinha tantas perguntas que queriam fazer.
- Chgamos, - Disse estacionado e puxando o freio de mão.
- Obrigada
- Por nada
- Até amanhã Zac
- Até amanha Vane
Vanessa correu para dentro da casa.
No outro dia, sábado o dia em que fariam a sessão de cinema, Vanessa fez tudo no modo automático, até chegar à noite Vanessa se arrumou num pijama rosa e branco Stella decidiu que não participaria, já que Gina teria um evento e Stella resolveu ir junto era 20:00 quando todos chegaram.
- Vanessa – Disseram as meninas juntas
- Oi garotas, oi Zac
- Oi Vane- Sorriu torto
- A Stella? – Perguntou Selena
- Mamãe foi a um evento e a pentelha foi lá meter o nariz onde não é chamada
- Então o que vãos fazer- Disse Ashley colocando as coisas no chão e sentando assim os outros fizeram
- Já sei, verdade ou desafio
- Ótima ideia Sel
- Odeio esse jogo
- Somos dois então Zac
- Sempre me ferro
- Sim
- Deu os dois, você vai pegar a garrafa Vanessa – Mandou Ashley
Vanessa  levantou a contra gosto e foi, e jogo começou parou em Ashley e Vanessa
- Verdade ou desafio – Disse Vanessa
- Verdade
- Com quantos anos perdeu a virginda?
- O QUE? – Zac arregalou os olhos
- Quieto ai, 16
- Não acredito Ashley
- Zac, quieto – Disse Selena
Ashley girou a garrafa e parou nela e Zac
- Verdade ou Desafio maninho
- Verdade
- Verdade que você já foi apaixonado pela Vanessa?
A morena arregalou os olhos e Zac coçou a cabeça
- Não – Respondeu sem acreditar, Vanessa entristeceu
A garrafa girou e parou em Selena e Vanessa
- Verdade ou desafio
- Desafio
- Pular na piscina de calcinha e sutiã
- A não, ta frio.
- Desafio Vanessa – Disse Ashley
- Ok, Zac fica aqui.
- Por quê? O Desafio tem que ser visto por todos – Disse Selena
- Ok
Vanessa bufou e foi até a parte de tras de casa, tirou o pijama e Zac ficou olhando o belo corpo da morena, Vanessa criou coragem e mergulhou quando

- Aê – Disse Ashley, vanessa saiu da piscina e Selena jogou uma toalha para ela, Vanessa foi tomar um banho e tirar a roupa molhada quando voltou continuaram o jogo, logo depois foram ver o filme escolhido, assim pegaram no sono.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Capitulo Dois

A semana passou rápido e logo chegou a sexta, dia em Zac iria rever a família depois de alguns meses, ele estava arrumando as coisas junto com Matt
- Cara, não vejo a hora de ver a Blake
- Boa sorte – Sorriu
- E você? Vai ver sua antiga paixonite?
- Vou, e ela não é uma paixonite é uma amiga somente, vamos fazer uma espécie de festinha na casa dela, eu, minha irmã, meu cunhado, ela e mais uma amiga. Vamos ver filmes, comer besteiras, como nos velhos tempos – Sorri
- Certeza?
- Absoluta
Já com Vanessa
- Sério eu nem acredito que é sexta – Disse Ashley radiante – Zac chega hoje, to com tantas saudades do meu irmãozinho
- Ashley calma, o Zac não fugir
 Zombou Vanessa
- Você diz isso porque a Stella é mais nova que você e não vai para o exercito
O Sinal tocou
- Queridos alunos  – Disse Mary professora de biologia
- Odeio biologia – Disse Selena
- Por isso reprovou
- Haha, engraçadinha você Ashley
Ashley deu língua
- Então, vocês formaram grupos de 3 pessoas – As garotas se olharam – Você vão montar uma maquete...
Mary explicava para a turma como seria o trabalho, teria que ser feito em casa, o sinal tocou para ir para a casa a aula passou rápido
- Então essa tarde a gente se reúne e compra os materiais para fazer a célula gigante – Disse Selena
- Sim, e a noite la em casa para começarmos – Disse Ashley
- Assim, vamos atrapalhar o Zac ele vai querer descansar
- Vai nada ele pode até ajudar
Selena riu
- OK, vamos almoçar e depois a compra dos materiais
As meninas foram para casa
- Familia cheguei – Disse Vanessa
- Maninha
- Oi pirralha abraçou a irmã
- Filha, almoço ta na mesa.
- Tá bom mãe vou subir trocar de roupa e já venho tenho que falar um negocio
Vanessa subiu se trocou
- Mãezinha linda
- O que você quer?
- Nada de mais, só que o Zac irmão da Ash se lembra dele né? – Ela assentiu – Então ele vai passar o fim de semana ai, e amanhã sabadinho nós vamos fazer uma cineminha aqui pode?
- Pode filha
- Posso participa?
- Pode Stell, vou ficar a tarde e a noite fora também
- Porque? – Perguntou Gina
- Trabalho de biologia, a professora mandou a gente fazer uma maquete e eu a Ash e a Sel vamos comprar os materiais e depois ir à casa da Ash começar a montar – Disse comendo
- Tudo bem
Vanessa almoçou tranquilamente, e logo depois tomou um banho se arrumou e foi ao encontro das garotas
- começar? – Disse Ash
- Vamos
- Então Ash, e o Zac?- Disse Sel
- Chegou agora ao meio dia – Vanessa ficou atenta – Disse que tava cansado ia descansar um pouco porque a noite quer ver vocês
- Que bom – Vanessa sorriu
Vamos lá então
As meninas começaram a comprar tudo, isopor e peças que poderiam servir de partes da célula, passaram a atarde atrás de materiais e quando foi 18h00min sentaram na praça de alimentação
- Acho que temos tudo – Disse Ashley
- É temos, agora quero comer e descansar
- Bora
Elas pediram um lanche, logo depois foram para a casa de Ashley
- Cheguei
- Maninha – Disse Zac, ele estava diferente, mais forte, cabelos curtos, Vanessa se sentiu estranha, ele abraçou Selena e foi cumprimentar Vanessa
- Oi pequena – Abraçou ela – Senti sua falta
- Oi Zac,  também senti e tenho um recado para você – Disse separando o abraço
- Bom meu pai disse para você abrir os olhos ele vai treinar você
Ele engoliu seco

- Tudo bem
----------------------------------------------------------------------------------
Bem garotas, ai esta, e agora como será a montagem da maquete, como Vanessa vai fazer para não admirar Zac? E mais e a noite de cinema?
Capitulo Três em breve, comentem

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Capítulo Um

O toque de despertar soou avidando que todos na base militar deveriam acordar eram 05h00min da manhã, Zac  levantou da cama tomou banho, vestiu a farda, calçou os coturnos, o quepe e saiu em direção ao refeitório para tomar café, sentou-se na grande mesa.
- Bom dia soldado Efron
- Bom dia tenente Granger
Bateu continência em sinal de respeito, a hora passou rápido, já eram 07h00min estava indo agora em direção ao centro de treinamento.
Um barulho irritando ecoou pelo quarto e Vanessa era o despertador avisando que tinha de ir para a escola, levantou, fez sua higiene arrumou-se
- Bom dia mão, bom dia Stell
- Bom dia filha
- Bom dia V
- Graças a Deus quase formatura
- Pois é filha, já decidiu o que vai fazer de faculdade?
- Não mãe, não decidi ainda to pensando
Uma buzina foi escutada
- Deve ser a Ash e a Sel, beijos as duas e tchau
Vanessa saiu entrado no carro
- Olá garotas
- Oi V  - Falaram juntas
- Falei com o Zac V
- E como ele tá?
- Diz que tá bem, só cansado dos treinamentos.
- Logo ele acostuma
- Foi o que eu disse, mais você ainda tem aquela paixonite por ele? – Sorriu
- Não Ash, claro que não, aquilo era coisa de criança.
- Ele perguntou de você
- E o que disse?
- Que estava bem
- Ótimo
- Chegamos – Disse Sel – Mais um bom tempo aqui
- Calma Sel, ultimo ano, tudo pode acontecer – Disse Ash
- Inspirada – Zombou Vanessa
- Chata – Riu
Já com Zac, ele estava na academia nesse momento, fazendo levantamento de pesos, mais uma coisa o fez parar largou o peso e pediu permissão para ir ao banheiro, lembrou de Vanessa, a amiga de sua irmã, que tinha se tornado uma bela mulher e sorriu, porque estava pensado naquela adolescente? Ela era 4 anos mais nova que ele, ano atrás já tinha pensado em um relacionamento com ela mais hoje, não pensa mais ela é jovem quer curtir a vida, e isso não seria ao lado de um cara prestes a completar 21 anos, lembrou também da irmã e Selena das festas que as três faziam em casa, e da indignação de Vanessa e Ashley ao saberem que Selena era mais velha, mais zombaram por ela ter repetido um ano. Vanessa e Ashley sempre juntas, a loira e a morena. Mais aquela morena não saia de sua cabeça, parou Vanessa era como uma irmã para ele, voltou para seu treinamento.
- Liberados! – Falou o treinador as 10h00min da manhã
Zac seguiu para o banheiro
- Zac – Gritou alguém
- Ah, olá Matt – Era um de seus colegas de dormitório.
- Então vai para casa o final de semana?
- Ah, se tudo correr como planejado sim, quero rever os amigos, e meus melhores amigos – Lembrou do cunhado que em uma hora dessa estava pensando nos cálculos da faculdade – tenho minha irmão estou com saudades dela, meu cunhado e tem uma amiga da Ashley também que sinto saudades – Sorriu
- Namorada Efron?
- Não que isso, ela é 4 anos mais nova, tem 16, aho que quando eu tinha uns 18 pensava em namorar ela – sorriu – mais o que ela iria querer com um cara como eu, 4 anos mais velho? Já desencanei
- Idade não importa querido Zac – Sorriu – Veja eu, tenho 24 e Blake tem 19, faço 25 esse ano e ela 20, 5 anos exatos de diferença.
- Mais já desencanei da Vanessa, com o tempo.
- Você que sabe se fosse você não perderia a chance – Zombou
- A considero como uma irmã só, eu vi aquela garota crescer, assim como a irmã mais nova dela
- E a sua irmã?
- Ah a Ashley? – Matt fez que sim com a cabeça – Meus pais adotaram ela, os pais dela sofreram um acidente numa viagem e acabaram falecendo, meu pai é médico e atendeu os pais dela e a Ashley, se encantou pela fadinha loira, e conversou com minha e entraram com o processo de adoção, mas papai e mamãe nunca esconderam nada dela, ela sabe tudo o que aconteceu tanto que nem o sobrenome dos pais foi tirado.
- Interessante-Celular de Zac tocou
- É o meu cunhado preciso atender até mais Matt
- Até Zac
Ligação**
- Fala cara
- Se a gente não liga ele não se lembra dos amigos – Zombou
- Para Chris, to em treinamento
- Soube que ligou pra Ashley
- Precisava dar noticias pra minha mãe e meu pai
- E aí como ta o exercito?
- Tá aqui, ele não sai do lugar – Zombou Zac
- Ai não é proibido fazer piadinhas não?
- Ok, ok, ta tudo certo aqui um pouco cansativo treinos intensos, acabei de sair do treino de peso agra vou me preparar pro almoço e logo depois treino de estratégia
- Boa sorte
- Poisé..
Ligação**
Continuaram falando amenidades já cm as meninas estavam no intervalo do colégio
- Zac vem pra caa esse final de semana
- Até que em fim lembrou-se dos amigos – Disse Selena
- Chris disse o mesmo, mais ele ta cheio de treinamentos.
- Normal é começo
Vanessa estava em outro mundo, melhor no mundo de Zac, ainda sentia aquela paixão que Ashley havia falado no carro mais nunca fora correspondida, Zac era um cara maduro, agora fazia parte do exercito o que ele ia querer com Vanessa ? Uma simples adolescente de 16 anos
- VANESSA – Gritaram Ashley e Selena
- Ah oi.. quem morreu?
- Ninguém mais você escutou o que eu disse?
- Não – sorriu – desculpa
- Zac vem esse fim de semana – Disse Selena – podemos marcar algo
- Meninas eu acho que não vou – Não quero segurar vela pensou
- Mais porque? Vamos ai você faz companhia para o Zac, já que ele não pode beber muito que domingo a noite tem que estar na base
- Nem eu posso beber Ash esqueceu? Tenho 16 só
- Mais o Zac não ele compra as bebidas para nós – Selena e Ashley se olharam cumplices
- Não sei prefiro ficar em casa e ler um bom livro
- Não quer ir mesmo?
- Já sei – Disse Ashley – Vamos alugar uns filmes e partir pra casa da V todos nós eu você, o Zac e o Chris nos juntamos com a Stell e a V, com muita pipoca, refrigerante, e brigadeiro como nos velhos tempos camão na sala e ficamos ali até dormir – Abriu seu maior sorriso.
- Gostei Ash – Disse Vanessa – Pode ser, vou falar com a mamãe
- Quando seu pai volta da base de Los Angeles?
- Não sei acho que mês que vem, ele vai treinar o Zac  é bom ele abrir o olho – sorriu – vou avisar ele na sexta a noite
O sinal tocou

- Ok fim da diversão! Vamos – Disse Ashley abraçando as duas pelos ombros e indo para a sala
------------------------------------------------------------------------------------------------
O primeiro de muitos, estou amando escrever Simples Love, espero que vocês gostem..
Beijos e até o próximo.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Sinopse.

Quando você conhece melhor uma pessoa e vê que tudo que aquilo que você procurava está nela, mas o medo  de a diferença de idade atrapalharia um amor verdadeiro?
Isso é o que acontece com a jovem Vanessa de 16 anos quando se apaixona perdidamente pelo soldado Efron e irmão de sua melhor amigo 4 anos mais velho, as pessoas questionaram a diferença de idade e a profissão perigosa do rapaz.

Para saber o que vai acontecer, não perca Simple Love!

Personagens.

Vanessa Anne Hudgens: Vanessa é uma típica adolescente americana, tem 16 anos, acabou de começar a cursar o último ano do colegial na Escola Secundária Cornewell. Extrovertida, paciente adora sair com os amigos e viver cada momento intensamente, sonha com o grande amor de sua vida.

Zachary Efron: Zac aos 20 anos, foi aceito para o Exercito Estadunidense, um excelente soldado, visita a família sempre que pode, se dedica para chegar ao maior patente que pode na sua profissão.

Ashley Tisdale: Irmã adotiva de Zac, tem 16 anos estuda no Cornewell, melhor amiga de Vanessa. Namora o melhor amigo do irmão.


Seleza Gomez: Aos 17 anos, Selena também cursa o ultimo ano do Colegial junto com as amigas Vanessa e Ashley.



Christopher French: Melhor amigo de Zac tem 19 anos, namora a irmão de seu melhor amigo, cursa a faculdade de Engenharia Civil