segunda-feira, 29 de junho de 2015

Capitulo Cinco

O fim de semana passou rápido, era domingo à noite, estavam todos na casa de Zac já que ele partiria de carro, uma batida na porta distraiu Zac e tentar dobrar a farda
- Entra
- Atrapalho? – Perguntou Vanessa
- Não, eu estava só tentando dobrar minha farda
- Ah, eu posso dobrar pra você? Já vi minha mãe dobrar a do papai
- Obrigada
Vanessa começou a dobrar a farda com toda paciência até estar tudo pronta
- Pronto
- Obrigada de novo
- Então, pronto pra virara oficialmente soldado? – Sorriu
- Ah, assusta um pouco mais eu to feliz, depois quem vai continuar comigo vai ser seu pai, então to tranquilo
- Que bom – Sorriu
- Senta
- Ta
- A gente ta parecendo dois estranhos
Disse Zac rindo
- Pois é, a gente se conhece a tanto tempo, e agora parecemos estranhos um com o outro
- Acho que foi o tempo, crescemos
- Você, cresceu bastante – Riu
- Você também cresceu, se tornou uma mulher linda – Ela corou, e ele acariciou de leve o rosto dela – Não precisa ficar com vergonha
- Obrigada pelo o elogio
Sorriu, disfarçando o quanto havia gostado de ouvir aquilo da boca de Zac, seu coração estava acelerado, seu estomago parecia repleto de borboletas, seu corpo estava quente como se tivesse levado um choque elétrico, e Zac não se encontrava diferente, a amava e não podia negar, sempre a amou desde que ela começou a se tornar uma linda mulher, os olhos dos dois se encontraram, Vanessa ficou estática não sabia o que fazer nem o que falar, Zac queria beija-la mais não sabia se era o certo a fazer, amava demais aquela garota para magoa-la de tal forma, mais como irmãs as bocas se colaram num beijo intenso, apaixonado, cheio de amor, línguas dançavam em perfeita sincronia, Zac levantou levando Vanessa junto, acariciava levemente e fina cintura da morena, enquanto ela bagunçava os cabelos dele, o momento era perfeito, talvez seria a hora de uma declaração pensou Zac, o ar começou a faltar separaram o beijo a contra gosto, ficaram com as testas coladas, ambos estavam com um sorriso estampado no rosto, Vanessa estava vermelha a timidez Zac prontamente a puxou para o seu peito onde a morena escondeu o rosto
- O que foi isso? – Disse ela
- Eu não sei – Respondeu
- Como ficamos? – Olhou para ele
- Estou pensando nisso
- E a garota que você gosta – Disse com um aperto no peito
- Ok chegou a hora, essa garota é você Vanessa – Ela arregalou os olhos – Sim, é você, sempre fui apaixonado por você acho que desde que você tinha 14 anos – riu – sempre sentia ciúmes, e raiva quando te via com outros caras, mais sempre tive medo de dizer o que eu to dizendo agora por causa da nossa diferença de idade, achei que você provavelmente não fosse querer um cara de 20 anos, mais acho que posso dizer que te amo.
- Zac eu.. Eu sempre amei você, mais você poderia ter a mulher que quisesse provavelmente não iria querer nada com uma garota do colegial como eu, olha pra você serve o exército enquanto eu não sei nem o que faço da minha vida ainda, a única certeza que eu tenho nesse momento é que eu te amo, te amo mais que tudo.
-  Você não sabe como é bom ouvir isso
A pegou no colo dando outro beijo, intenso, apaixonado mostrando todo o amor que sentiam um pelo outro
- Eu amo você
- Bom acho que... Vanessa Anne Hudgens, aceita namorar comigo?
- É claro que eu aceito, mas vamos deixar em segredo por enquanto, pelo menos até sua próxima volta
- Combinado
- Vou descer esperar com os outros, e inventar uma desculpa para minha demora
- Tudo bem, vou colocar minha farda, e encontro vocês lá embaixo
Sorriu a beijando, assim Vanessa deixou o quarto sorrindo ao chegar lá em baixo Ashley começou a perguntar
- Demorou, aconteceu alguma coisa? Está tudo bem?
- Está tudo bem sim, e não aconteceu nada, só o seu irmão que estava enrolado tentando dobrar as partes da farda e não estava conseguindo, ai estava ajudando, e começamos a conversar enquanto ele guardava o resto das coisas.
- To pronto – Disse Zac ao chegar no pé da escada
- Nem acredito que já esta indo
- Ashley calma, daqui a pouco eu to de volta, para de drama
Abraçou a irmã
- Boa sorte na base Zac – Disse Chris
- Obrigada e coisa dessas duas
- Pode deixar
Foi se despedir de Vanessa
- Até logo meu amor assim que chegar lá eu te ligo – Sussurrou no ouvido dela
- Ok
- Amo você
- Também amo você – se afastou – Se cuida
- Pode deixar Zac
Ele foi em direção a porta deixando a namorada, o cunhado e a irmã para trás. Seus pais não estavam em casa  e Selena não pode ir
- Até mais, amo todos vocês
- Até logo – Disse Ash
- Até Zac
- Até mais – Disse Vanessa, com os olhos tristes
- Logo volto a perturbar vocês, tchau

Fechou a porta, escutaram o carro ligar, e som do motor logo sumir.
--------------------------------------------------------------------------------
Aqui esta,bom espero que gostem. Mudei o visu, a capa, espero que gostem e não deixem de comentar

terça-feira, 23 de junho de 2015

Capitulo Quatro

No outro dia quando acordou, Vanessa viu que todos ainda dormiam tranquilamente e que a mesma estava abraça da Zac, devagar se soltou do amado e foi para cozinha onde começou a preparar o café da manhã, logo o cheiro de café fresco despertou Zac.
- Bom dia – Disse chegando até ela na cozinha
- Oi, bom dia – Sorriu sem graça
- Então, como tá o último ano de escola?
- Ah.. Puxado, e você? Como está na base?
- Tranquilo os treinamento tão me ajudando bastante a ganhar força e massa muscular vou ficar saradão, não que eu já não seja – Sorriu orgulhoso
Vanessa não aguentou e caiu na gargalhada
- Até parece
- Vamos ver então
Se aproximou dela e deu um beijo no rosto
- O café está pronto
- Vamos acordar os outros?
- Não, depois eles comem
- Então, to mais tranquilo de saber que seu pai vai me treinar
- Sério? – Disse surpresa
- Sim, pensei fosse um estranho qualquer, mais sabendo que vai ser o Capitão Hudgens, fico mais tranquilo
- Bom, ele mandou você tomar cuidado com ele – Riu
- Sem problemas
- Então, já arrumou alguma namorada na base? – Perguntou curiosa
- Não, pra falar bem a verdade gosto de uma pessoa que eu deixei aqui, mais me acho velho pra ela, ela tem um futuro brilhante, acho que além de eu ser velho – Sorriu – Ela não iria querer nada comigo
- Não pensa assim, você não sabe os sentimentos dela
- Mais dá para imaginar, sabe meu companheiro de quarto o Matt, namora com uma garota 6 anos mais nova que ele
- E você e essa garota que você com a sua amada? – Disse sem saber que era ela própria
- 5 anos
- Eu não acho uma diferença grande – Disse enquanto mordia um pedaço de pão – É uma diferença boa, se fosse eu, aceitaria numa boa
- Sério?
- Sim
- E se ele tivesse que fiar longe? Por causa de trabalho? – Perguntou curioso
- Ah isso é normal, vejo meus pais sempre tendo um “casamento a distância” então do meu lado isso não seria problema
- Bom dia – Disse Ashley
- Bom dia Ash, vem tomar café
- Opa, já to chagando, deixa eu acordar o resto aqui

Ashley acordou o resto do pessoal já que não conseguia deixar ninguém quieto, e Zac ficou pensando nas palavras de Vanessa. 
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Desculpem a demora, é que faço tudo no computador ai o meu estragou (depois de 11 anos usando ele) tive que comprar outro, estou reescrevendo tudo de novo. Maas, comentem muito, agora eu acho que a situação nos dois blogs vão se normalizar