segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Capítulo Dezesseis

Passaram-se dois meses Vanessa agora ostentava uma bela aliança de noiva de ouro branco na mãe direita, Zac havia voltado para o regimento, estavam procurando uma casa para morarem assim que casassem, aliás, quem casa quer casa. Agora estava grávida de 3 meses, sentada no sofá de casa zapeando canais na TV
- Droga, não está passando nada de interessante
Saiu de seus devaneios assim que escutou o celular tocar, abriu um grande sorriso ao ver quem era
- Alô capitão Efron
Zac, pelo ótimo trabalho feito fora do país passou a ser capitão
- Oi meu amor - Riu do jeito que ela havia o chamado - está tudo bem?
- Sim, mais está tedioso, já zapeei todos os canais e não achei nada para ver - Bufou
- Porque não chama as meninas?
- Já chamei, Ash está com Chris e Selena já tinha compromisso
A campainha tocou
- Sua mãe?
- Saiu, meu amor a campainha está tocando pode ser uma das garotas vou atender, amo você
- E eu, amo vocês
Vanessa sorriu e juntos desligaram o celular, Vanessa levou um susto ao abrir a porta
- Nathan?
- Ora minha querida, vim saber como está meu filho
- Você não tem filho nenhum aqui
- Claro que tenho meu bem, você carrega um filho meu
- Ah esse - Apontou para o frente - Esse filho já tem um pai, chamado Zac
- Não - Segurou forte os braços da adolescente a levando ara dentro de casa, a porta se fechou com o vento assustando Vanessa - essa criança é minha
- Não é, e me solte está me machucando
- Esse bebê é meu Vanessa
- Já disse que está me machucando
- Pouco me importa
Soltou-a com força fazendo a garota cair no chão desmaiada, e sangrando Nathan saiu correndo
- Filha cheguei - Disse Gina ao chegar animada em casa, não ouviu resposta, olhou para o chão e viu a filha caída e sangue ao redor - Oh meu Deus
Gina ligou para a emergência, logo uma ambulância chegou levando Vanessa ao hospital, Gina seguir de carro, mesmo sendo imprudente, ligou para Greg no caminho o mesmo avisou Zac do ocorrido, assim os dois também se deslocaram até o hospital
- Como ela está?
- Ainda não sei, a levaram para emergência, encontrei ela desmaiada e com snagramento
- Parente da senhorita Hudgens?
- Somos nós - Disse Greg apreensivo assim como Zac e Gina
- Está bem, e consciente, mais perdeu o bebê que esperava com a queda
- Oh meu Deus - Disse Gina
- Ela pode receber visita ?
Perguntou Zac
- Sim claro que pode, quarto 405, um por vez
- Vá você Zac, ela vai precisar
- Tem certeza coronel
- Aqui sou somente Greg
- Ok, então tudo bem se eu ir ve-la primeiro?
- Sim querido
Disse Gina.
Zac entrou no quarto, segurando a boina nas mãos
- Com licença
- Oi capitão - Sorriu
- Como se sente?
- Bem, aliviada, mais também triste
- Defina
- Me sinto bem, aliviada por saber que não carrego mais um filho de uma relação que eu não quis mais triste por saber que aquela pequena vida se foi
- Hei meu anjo, fique calma, teremos filhos, nossos - Disse sorrindo, fazendo Vanessa sorriu
- Só você para me fazer sorriu de verdade capitão
Acariciou o rosto dele, que sorriu
- Então, ainda casa comigo? Mesmo sem estar grávida
- Mais é claro, casaria com você, uma, duas, três vezes se possível
- Tem certeza, ainda é nova
- Não me importo
Puxou ele pelo pescoço dele
- Eu amo você
- Já disse que fica lindo de fardado? - Sorriu
- Umas mil vezes
Colaram os lábios num beijo cheio de ternura, amor e paixão.

Um comentário:

  1. Morri de amores por esse capítulo
    O Zac é um fofo gente
    Continua logo
    Xoxo

    ResponderExcluir